Tigre, Argentina

Canal de onde saem os barcos para os passeios pelo delta do Rio Tigre - Foto: Amandina Morbeck.

Canal de onde saem os barcos para os passeios pelo delta do Rio Tigre – Foto: Amandina Morbeck.

Um dos passeios que mais curti em minha viagem foi o que fiz a Tigre, Argentina pequena cidade de aproximadamente 40 mil habitantes, distante 31 km de Buenos Aires. Para chegar lá, num belo domingo quente e ensolarado, a opção foi tomar o trem – que não é turístico nem tem conforto algum – na estação Retiro. Esse transporte é muito utilizado pela população por ser barato e ter várias linhas. E como gosto muito de experimentar um pouco do que os moradores do lugar vivenciam, lá fui eu. Nele, quase não havia não falantes de língua espanhola e a maioria dos passageiros desceu em Tigre, provavelmente para passar o dia também.

No sentido horário: estação Retiro, Buenos Aires; canal e ao fundo a estação de trem de Tigre; canal de entrada e de saída de barcos e passarela ao longo do canal em Tigre - Fotos: Amandina Morbeck.

No sentido horário: estação Retiro, Buenos Aires; canal e ao fundo a estação de trem de Tigre; canal de entrada e de saída de barcos e passarela ao longo do canal em Tigre – Fotos: Amandina Morbeck.

Localizada às margens do rio de mesmo nome, Tigre estava bastante agitada, com pessoas indo e vindo pelas calçadas, muitos carros e ônibus nas ruas, muita gente deitada na grama ao longo do canal, perto do porto e barcos chegando e saindo dos decks das companhias fluviais.

Para o passeio de duas horas (21 km), a opção foi a empresa Catamaranes Interisleña – passagem a 60 pesos na época. Nesse período, passamos por vários pontos, vendo nas margens casas de veraneio e para alugar, hotéis, clubes e muito, muito verde.

Praia e muito verde nas margens dos rios do delta do Tigre, Argentina - Fotos: Amandina Morbeck.

Praia e muito verde nas margens dos rios do delta do Tigre – Fotos: Amandina Morbeck.

Na água, caiaques, barcos de tamanhos e de modelos diferentes e jet skis, bem como pessoas praticando esqui aquático.  No catamarã lotado, nada de música alta ou de bagunça. Todos estavam interessados em observar os arredores, fotografar, curtir o vento suave, comer e/ou bebericar algo e conversar.

Um pouco do que se vê durante o passeio de barco no Rio Tigre, Argentina - Foto: Amandina Morbeck.

Um pouco do que se vê durante o passeio de barco no Rio Tigre – Foto: Amandina Morbeck.

Quando o barco foi voltando pro canal, finalizando o passeio, a vontade foi de fazer mais duas horas, mas não haveria mais saídas naquele horário. Como adoro sossego, fiquei imaginando o quanto deve ser gostoso ficar curtindo a vista e a tranquilidade numa daquelas casas ao longo dos rios durante a semana, quando não deve haver tanta gente para agitar o lugar. Espero confirmar isso um dia.

Depois do passeio, foi só atravessar a rua para um delicioso sanduíche no Restaurante-Bar Tanto La Queria (clique aqui para saber mais).

Com o dia chegando ao fim, caminhei de volta à estação e fui deixando Tigre para trás, feliz por tê-la conhecido, mesmo que tenha sido para fazer um programa bem “turistão” de domingo.

(Texto e fotos: Amandina Morbeck)


Observação: Se tiver intenção de visitar esse lugar, confirme as informações na época de sua viagem, pois com o passar do tempo (desde a publicação deste post) muitas coisas podem mudar.


Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista!


Posts relacionados (clique nos títulos para acessá-los):

– Buenos Aires – Geral sobre a cidade

– Buenos Aires – Cafés

– Buenos Aires – Comidas gostosas

– Buenos Aires – Alfajores Chachafaz

– Buenos Aires – Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA)

– Buenos Aires – Cemitério da Recoleta

– Buenos Aires – Feirinha de artesanato no Cemitério da Recoleta

– Buenos Aires – La Boca e Caminito

– Buenos Aires – Livraria El Ateneo

– Buenos Aires – Teatro Colón

– Buenos Aires – Floralis Generica

– Buenos Aires – Jardim Japonês

– Colonia del Sacramento, Uruguai


Comments

comments

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *