Seguro viagem – não viaje sem ele

Seguro viagem - tranquilidade por onde você for no Brasil e no exterior.

Seguro viagem – não viaje sem ele, pois imprevistos acontecem e você precisa estar preparado(a)

Quando você começar o planejamento de sua viagem, inclua na lista, como prioridade, o seguro viagem (ou seguro de viagem) para você e para quem mais o(a) acompanhar, independentemente do seu destino no Brasil ou no exterior. Não se descuide quando o assunto for saúde e segurança. Isso é importante para quem viaja como turista e também para quem vai a trabalho (por conta própria ou por solicitação do empregador).
Observação: Se você tiver plano de saúde, verifique se no seu contrato está incluído o seguro viagem, qual é seu valor e confirme as coberturas oferecidas.

 

Valores

Esse aspecto varia de acordo com seu perfil, com o tempo de permanência e com as coberturas contratadas.  Há muitas seguradores que oferecem esse produto, mas dê preferência àquelas com tradição e boa reputação no mercado. Se você já tiver outros seguros, fale com seu corretor.
Se for adquirir a apólice da agência de viagens com a qual estiver negociando seu pacote, informe-se sobre a seguradora com a qual eles trabalham e solicite o contrato.

 

Coberturas

O seguro viagem tem por base as condições definidas para seguros de vida e de acidentes pessoais, por isso, obrigatoriamente oferece proteção para:
– riscos de morte acidental;
– invalidez permanente total ou parcial por acidente.
O que você pode incluir:
– despesas médico-hospitalares;
– despesas odontológicas;
– diárias por atraso de voo;
– perda ou roubo de bagagem;
– danos a malas etc.

 

Coberturas oferecidas por cartões de crédito internacionais

Se você comprou sua passagem com cartão de crédito internacional, confirme com a operadora se ela oferece seguro viagem, o que ele cobre e quais os valores de indenização.

 

Vigência do seguro viagem

Esse período deve ser definido na contratação – geralmente, a partir da data do embarque até seu retorno para casa.
Se o(a) viajante/segurado(a) sofrer um acidente e precisar dar continuidade a algum tratamento quando retornar ao seu local de origem, o seguro viagem não cobrirá.

 

Atividades que precisam ser informadas na contratação

Viajar a turismo de forma mais, digamos, tradicional, é diferente de quem vai em busca de atividades de aventura. Por isso, você precisa especificar quando for:
– esquiar;
– remar;
– participar de alguma competição;
– mergulhar;
– saltar de paraquedas;
– escalar etc.
Se for para um programa intercâmbio, isso também deverá ser especificado e até com uma vantagem: o seguro pode ter o preço reduzido por causa do período de permanência mais longo.
Quem viaja de navio tem um seguro viagem específico – lembrando que os custos de atendimento médico nessa modalidade são muito altos para pagamento direto, por isso é fundamental ter o seguro.

 

Como é a forma de pagamento

Geralmente, o valor é pago numa única parcela antes da viagem. Exceção: executivos e estudantes que precisam ficar mais tempo no exterior. Nesse caso, o pagamento pode ser feito em parcelas.

 

Comprovação em alguns países

Em alguns países há obrigatoriedade de você apresentar, na imigração, o comprovante do seguro viagem com coberturas mínimas.
No caso da Europa, por exemplo, eles seguem o que foi determinado pelo Tratado de Schengen. Assim, informe-se sempre sobre as exigências do(s) país(es) que você for visitar.

Assistência médica gratuita

Turistas brasileiros que forem segurados pelo INSS podem receber assistência médica gratuita (em serviço público) em países com os quais o Brasil tem acordos bilaterais nessa área. São eles: Argentina, Uruguai e Chile, na América do Sul; Espanha, Grécia, Itália e Portugal, na Europa; e Cabo Verde, na África. Familiares do segurado também podem ser atendidos.
Antes de viajar, é preciso solicitar o Certificado de Direito à Assistência Médica Durante Estadia Temporária numa das representações estaduais do Departamento Nacional de Auditoria do SUS. Para isso, é necessário apresentar o passaporte e os três últimos comprovantes de contribuição ao INSS (pode ser carteira de trabalho ou contracheque também). Para dependentes, vale a certidão de casamento e de nascimento dos filhos.

Como solicitar atendimento pelo seguro quando estiver viajando

a) Siga as instruções informadas pela seguradora na qual você fez a apólice ou pela agência de viagens na qual você adquiriu o pacote;
b) Tenha os telefones da central de atendimento sempre com você;
c) Anote também os telefones das representações brasileiras no Brasil e no exterior (consulados e embaixadas, por exemplo);
d) Ao contratar o seguro, confirme se o atendimento é feito em língua portuguesa, pois em caso de emergência fica muito mais fácil para resolver o problema.

Importante: Guarde todos os comprovantes que receber no local de atendimento.

line3

Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista! Um abraço.

[contact-form-7 404 "Not Found"]

line3