Restaurante Entre Vilas, São Bento do Sapucaí, SP

Entrada do Restaurante Entre Vilas, que fica entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

Entrada do Entre Vilas – Foto: Amandina Morbeck.


O grande destaque do Restaurante Entre Vilas não está apenas em sua localização, a mais de 1.600 metros de altitude numa área isolada da bela Serra da Mantiqueira, mas principalmente no propósito de seu proprietário, o engenheiro agrônomo Rodrigo Veraldi: oferecer pratos deliciosos no sistema slow food e prepará-los sempre com ingredientes frescos. À primeira vista, a simples tradução dessas palavras pode enganar, ficando apenas como comer devagar. Pode ser isso também, mas o sentido dessa expressão vai muito além: seu significado maior está em aproveitar ao máximo o que há na região em que se vive, consumindo o que é produzido ali de forma artesanal e exclusiva, incentivando pequenos negócios, como agricultura familiar e produção em pequena escala sem uso de conservantes, de aditivos químicos e de agrotóxicos, e estimulando a economia local.

Vinho produzido no terroir da fazenda - Entre Vilas Restaurante - Foto: Amandina Morbeck.

Vinhos produzidos no terroir da fazenda – Foto: Amandina Morbeck.

E nessa categoria, Rodrigo também faz sua parte. Além de plantar azeitonas para consumo e também para a produção de azeite de oliva, parreiras – com mais de 15 anos de idade – para produção artesanal e sem adição de sulfitos de vinho (chamado de “vinho de altitude” por estar em região bem alta e, em seu caso, é o terroir mais alto do Brasil), verduras, hortaliças, frutas vermelhas etc.) e de criar porcos em sua propriedade, também dá preferência de compra dos produtos que não produz e utiliza no restaurante para pequenos produtores da região.

Vista para uma porção do Viveiro Frutopia - Foto: Janaina Vieira.

Vista para uma porção do Viveiro Frutopia – Foto: Janaina Vieira.

O Restaurante Entre Vilas fica na mesma área do Viveiro Frutopia, o maior do país, onde Rodrigo cultiva frutas vermelhas, como framboesa, amora, uva, mirtilo e nectarina para consumo no restaurante (sucos e geleias) e para venda de mudas. Foi ali também que, depois de quatro anos de teste, a primeira safra de lúpulo 100% brasileiro foi colhida e utilizada pela microcervejaria Baden Baden (da qual sou superfã) na edição comemorativa dos 15 anos de sua existência.

Edição comemorativa dos 15 anos da Baden Baden com lúpulo brasileiro produzido no Frutopia - Restaurante Entre Vilas - Foto: Divulgação.

Edição comemorativa dos 15 anos da Baden Baden com lúpulo brasileiro produzido no Frutopia – Foto: Divulgação.

Quanto ao vinho Entre Vilas, ele está tomando corpo, melhorando a cada ano, e as uvas cabernet sauvignon, cabernet franc, pinot noir e shiraz são plantadas no terroir da fazenda, onde transformam-se na pequena vinícola de Rodrigo. Para acompanhar sua refeição, peça a ele que sugira um vinho da casa. Parte da produção descansa em barris de carvalho francês na adega, que pode ser visitada, enquanto outra parte vai direto para a garrafa.

O simpático e atencioso Rodolfo Veraldi, dono do Restaurante Entre Vilas - Foto: Amandina Morbeck.

O simpático e atencioso Rodrigo Veraldi – Foto: Amandina Morbeck.

Perguntei ao Rodrigo por que essa separação e eis sua resposta: “Os que passam pela barrica ficam mais suavizados, com taninos mais presentes e o característico sabor amadeirado. Já os que não passam ficam com um sabor mais frutado e sem interferências, exprimindo o verdadeiro terroir.” Na última vez, minha refeição foi acompanhada por um cabernet savignon com pinot noir que harmonizou muito bem.

Adega do Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão - Foto: Amandina Morbeck.

Adega do Entre Vilas – Foto: Amandina Morbeck.

Além da comida (você verá as imagens abaixo), tudo ali é gostoso: a estrutura física do restaurante, seus arredores, o fogão a lenha na cozinha, as poucas mesas, a adega, as músicas, a decoração, a descontração do chef e de seus assistentes, bem como a presença de Veraldi, sempre a contar histórias e a demonstrar orgulho com tudo aquilo que faz parte do seu dia a dia. Por último, ele instalou uma churrasqueira argentina para assar carne no fogo de chão.

Cordeiro assando no Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão - Foto: Amandina Morbeck.

Cordeiro assando – Foto: Amandina Morbeck.

Agora, quando for comer no restaurante, vá com muita fome, pois ali não tem miséria, não. (rs) A sequência de pratos, todos feitos na hora, até o cafezinho de despedida não é para os fracos – e são para ser saboreados sem pressa. Fui lá algumas vezes e você verá, abaixo, fotos da última vez e comprovará que não estou exagerando quando falo que é preciso estar com fome. E lhe digo: não tem como não saborear até o último pedacinho, pois é tudo muito delicioso. Veja só:

Embutidos, conservas e queijos como boas-vindas - Foto: Amandina Morbeck.

Embutidos, conservas e queijos como boas-vindas – Foto: Amandina Morbeck.

Vinho do Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campo do Jordão.

Nossa escolha para acompanhar a farta refeição – Foto: Amandina Morbeck.

Entrada de polenta com cordeiro – Foto: Amandina Morbeck.                                      

Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

As delícias não param de ser colocada na mesa – Foto: Amandina Morbeck.

Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

Prato principal: cordeiro assado + bifes de chouriço + linguiça – Foto: Amandina Morbeck.

Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

Outra opção de prato principal: leitão à pururuca – Foto: Amandina Morbeck.

Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

E depois de tudo, deliciosa sobremesa – Foto: Amandina Morbeck.

E aí, o que achou? Ficou com água na boca, né? Então, anote os detalhes para conhecer o Entre Vilas:

–  ele funciona às sextas-feiras, sábados e domingos a partir de 12h e é necessário reservar com antecedência. Formas de contato: e-mail – r.veraldi@terra.com.br / WhatsApp –  (12) 99745-9897;

– valor dos menus por pessoa e sem bebidas em junho/2018 – R$ 180,00 (completo), R$ 140,00 (com 3 cursos); R$ 110,00 (vegetariano );

– garrafa de vinho em junho/2018 – a partir de R$ 140,00;

– como chegar lá:

Essa placa indica a direção para o Restaurante Entre Vilas. A partir desse ponto são 5 km em estrada de terra - Foto: Janaina Vieira.

Essa placa indica a direção para o Entre Vilas a partir da rodovia asfaltada que liga São Bento do Sapucaí a Campos do Jordão pela serra. Desse ponto, são 5 km em estrada de terra – Foto: Janaina Vieira.

Se sair de São Bento do Sapucaí, pegue a estrada para o Paiol Grande, que liga essa cidade a Campos do Jordão. Suba a serra, passe em frente à entrada para o Complexo do Baú e, uns 3 km a frente, observe uma estrada de terra à esquerda. Olhe a placa, dessa foto acima, indicando a direção para Piranguçu e Itajubá. Saia do asfalto e dirija por 5 km por ela até chegar ao Entre Vilas. Você verá uma placa de madeira (foto abaixo) na entrada. Se sair de Campos do Jordão, deve pegar a estrada para São Bento do Sapucaí para chegar até a saída para Piranguçu e Itajubá, que ficará à direita. Se sair de Gonçalves, siga até São Bento e siga as instruções a partir de lá.

Entrada do Restaurante Entre Vilas no km 5 - Foto: Janaina Vieira.

Entrada para a propriedade – Foto: Janaina Vieira.

Mais imagens do Entre Vilas:

Restaurante Entre Vilas, localizado entre São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

 

(Texto e fotos: Amandina Morbeck)

Posts relacionados com a região (São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão):

Campos do Jordão – natureza, frio, aventura e cerveja artesanal

Fábrica de cerveja artesanal Baden Baden

Empório dos Mellos

Borboletário Flores que Voam

Pedra do Baú

Parque Tarundu

Observação: Se tiver intenção de visitar esse lugar, confirme as informações antes de ir, pois com o passar do tempo (desde a publicação deste post) muitas coisas podem mudar.


Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista!


Comments

comments

14 comments

  1. Rose Villaverde Abramvezt on 30/05/2016 at 00:27 said:

    Comida deliciosa, lugar perfeito

  2. Rodrigo Duzzi Alberti on 14/01/2016 at 23:54 said:

    Excelente! Senti exatamente o que escreveu aqui.

  3. Amandina Morbeck on 14/01/2016 at 08:18 said:

    E agora que conheceu, Rodrigo, o que achou? 🙂

  4. Rodrigo Duzzi Alberti on 08/01/2016 at 02:31 said:

    Depois de ler isso, não vejo a hora de conhecer!

  5. Amandina Morbeck on 02/07/2015 at 12:30 said:

    Daniel, quando tiver a oportunidade de conhecer o Entre Vilas, vá correndo. (rs) Tudo lá é maravilhoso!

  6. Daniel Marcel Laurent on 02/07/2015 at 02:28 said:

    Tive o prazer de encontrar o Rodrigo e sua amiga na exposição Picasso no Rio de Janeiro ,dia 1 de julho 2015 e fui encantado com que ele me falou sobre o restaurante .
    Sendo francês, horticultor ,e adepto do slow-food ,morando no Brasil em Volta Redonda há 10 a ,estou com a maior vontade de ir conhecer este lugar encantador ao meus olhos.

  7. Lidiane Zonzini Françoso on 27/04/2015 at 19:03 said:

    Super indico… tudo perfeito…atendimento de 1ª…

  8. Lidiane Zonzini Françoso on 27/04/2015 at 19:03 said:

    Super indico… tudo perfeito…atendimento de 1ª…

  9. Amandina Morbeck on 01/04/2015 at 10:02 said:

    Olá, Célio, agradeço seu comentário neste post e fico contente que você tenha gostado tanto. Realmente, o Entre Vilas é um dos restaurantes no topo da minha lista. Dá vontade de voltar sempre lá. (rs) Um abraço.

  10. Célio on 25/03/2015 at 18:59 said:

    Quem acredita que precisa ir para a Europa, para comer e beber bem, ainda não conhece o Frutopia!!!
    Claro que é bom viajar para fora do Brasil.
    Mas, foi muito bacana conhecer o Frutopia.
    Parabéns, ao Rodrigo e à sua equipe que faz aquele lugar muito especial!!!

  11. Amandina Morbeck on 18/03/2015 at 16:46 said:

    Que bom que você gostou, Rodrigo! Realmente, tudo ali é muito especial. Fico contente que meu post o tenha auxiliado. Um abraço.

  12. Rodrigo Rosa on 11/03/2015 at 15:43 said:

    Estive lá no fim de semana passado e foi espetacular. Me ajudaram demais com este post. Passei uma tarde sensacional!!!!

  13. Andrea Linhares Soares on 27/01/2015 at 20:09 said:

    Lugar incrivel ! Tudo muito perfeito! Comida, visual, atendimento e ainda tive muito prazer em conhecer a Aman!

  14. Cecilia Moraes on 05/12/2014 at 01:41 said:

    Valeu Amandina, muito bom este post, vou conferir logo…rsss bjo

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *