Queijos artesanais da Doroteia em Gonçalves, Minas Gerais

Doroteia - Foto: Amandina Morbeck.

Essa é Doroteia.

Os queijos artesanais da Doroteia são para você, que gosta de comer aquele queijinho bem fresco, que faz barulho nos dentes, acompanhado de uma xícara de café. Hummmm… Deu vontade? Então, conheça a história dessa mineira de Gonçalves, sul de Minas Gerais.

Doroteia faz queijos de forma artesanal há mais de 15 anos e mora no bairro Piquiras. Com seu sotaque “mineirin dimais da conta”, me contou que adora fazer queijos frescal e meia-cura – aprendidos com a mãe -, nozinhos e muçarela, que aprendeu de forma autodidata. E o melhor jeito de conhecer a qualidade de sua produção é experimentando.

Doroteia preparando queijos artesanais - Foto: Amandina Morbeck.

Doroteia em sua lida.

Sua lida começa cedo, às 5h30 da matina e ela literalmente põe as mãos na massa (para separá-la do soro). Passei uma manhã acompanhando o processo de fabricação e, depois disso, valorizo muito mais o produto, resultado de seis a sete litros de leite ao qual ela dá forma – redondo, quadrado ou em nozinhos.

Suas maiores recompensas? Ver uma pessoa, que comeu o queijo que ela fez na casa de alguém, procurá-la para comprar também e rever os fregueses que retornam para comprar mais, falando que gostaram muito.

Parte de queijos artesanais da Doroteia em Gonçalves, Minas Gerais - Foto: Amandina Morbeck.

Parte da produção artesanal de Doroteia.

Disse-lhe que contaria sobre ela no meu site e perguntei o que ela esperava dessa divulgação: “Fico pensando que vou precisar trabalhar mais se todo mundo quiser experimentar”. E deu uma boa risada. Portanto, se você passar em seu ponto de venda para comprar queijo, conte que soube sobre ela por meio deste post. Embora afirme que não saiba como isso funciona, ela está adorando imaginar que as pessoas a conhecerão pela internet.

A casa de Doroteia, onde fica seu ponto de venda, no km 8 da rodovia - Foto: Amandina Morbeck.

A casa de Doroteia, onde fica seu ponto de venda, no km 8 da rodovia.

Sua casa, cor de terracota e onde também fica seu ponto de venda, está no km 8 do asfalto para chegar/sair de Gonçalves (pouco antes, em ambas as direções, há uma placa onde se lê “Vendem-se queijos”).

(Texto e fotos: Amandina Morbeck)


Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista!


Posts relacionados (clique nos títulos para acessá-los):

– Gonçalves, a pérola da Mantiqueira no sul de Minas Gerais

– Pousadas em Gonçalves

– Passeios em Gonçalves

– Restaurantes, bares e pizzarias em Gonçalves

– Café com Verso Livraria

– A Pioneira

– Trutaria Lago Azul

– Bar do Zezé

– A Senhora das Especiarias

Comments

comments

One comment

  1. Vera Lúcia Ribeiro De Souza Rodrigues on 21/10/2015 at 14:46 said:

    Amei essa reportagem, e como a Doret´ria é simpáica, ficou muita linda e a eportagem também. Só compramos queijo lá. Muito bom mesmo, e sempre com o carismo da nossa querida Dorotéia. Parabéns. Deus continue sempre Te Abençoando.

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *