Os povos da areia

Casa principal na Queimada do Britos - Foto: Erika Corrêa.

Casa principal na Queimada do Britos, onde moram Raimundo, Joana e seus filhos.

Os povos da areia – ou habitantes das dunas e de suas proximidades – chamam os Lençóis Maranhenses de morraria. Muitos vivem como seminômades, isto é, migram duas vezes ao ano de acordo com as duas estações maranhenses: a da seca e a das chuvas. De janeiro a junho, vivem próximos da costa, em casas bem simples feitas com palha de buriti, e de julho a dezembro voltam às dunas.

Em Queimada dos Britos encontrei 12 famílias já na quinta geração (em 2006) – há outra comunidade parecida em Baixa Grande. Os moradores desse oásis vivem cercados de lagoas e de dunas que, à medida que avançam e soterram as casas, os obrigam a mudá-las de lugar.

Em 2006, essas crianças faziam parte da quinta geração em Queimada dos Britos nos Lençóis Maranhenses - Foto: Erika Corrêa..

Em 2006, essas crianças faziam parte da quinta geração em Queimada dos Britos.

Joana Malheiros, a matriarca em Queimada, contou, sem nenhum pesar na voz, que dali uns cinco anos eles não estariam mais ali. Teriam de desmanchar a casa de palha para construi-la noutro lugar, “um pouco mais para frente”. Por causa do isolamento, primos(as) casam entre si, bem como tios(as) e sobrinhos(as). E de acordo com Raimundo Brito, o patriarca, isso não causa problemas físicos à família – afirmação que não pudemos comprovar.

Joana e seu esposo Raimundo, com o sobrinho Ribamar entre eles na cozinha de sua casa em Queimada dos Britos - Foto: Erika Corrêa..

Joana e seu esposo Raimundo, com o sobrinho Ribamar entre eles.

Acostumados ao ir e vir de turistas que passam por ali, os Britos viram a chegada da produção, da direção e de parte do elenco do filme Casa de Areia (que, aliás, recomendo para você ter uma ideia de como é viver naquele meio ambiente) e ajudaram a produção. “O Andrucha e a Fernanda Torres dormiram nas redes que vocês dormiram”, disse Joana.

Capa do DVD - o filme Casa de Areia foi gravado nos Lençóis Maranhenses - Foto: Reprodução.

Capa do DVD do filme Casa de Areia, gravado nos Lençóis Maranhenses – Foto: Reprodução.

Mas eles não vivem só do turismo. Joana é agente comunitária de saúde e visita 60 famílias que vivem nas dunas, leva medicamentos, mede pressão, esclarece sobre a importância da prevenção de gravidez e faz partos. Depois, volta para casa, preenche uma série de formulários, cuida da família, da casa e da criação (galinhas e cabras) e recebe a quem passa por lá com muito carinho.

Ela, sua família e aquele lugar me deixaram ótimas lembranças.

(Texto: Amandina Morbeck; fotos: Erika Corrêa)

Posts relacionados (clique nos títulos para acessá-los):

Travessia dos Lençóis Maranhenses – dia 1

Travessia dos Lençóis Maranhenses – dia 2

De Atins a Barreirinhas

Alcântara, Maranhão


Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista!


Observação: Se tiver intenção de visitar esses lugares, confirme as informações na época de sua viagem, pois com o passar do tempo (desde a publicação deste post) muitas coisas podem mudar.


Comments

comments

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *