Feirinha Gastronômica em Pinheiros, São Paulo

No domingo, 18/8, muita gente ficou na fila para aproveitar as delícias oferecidas na Feirinha Gastronômica em Pinheiros, o tradicional bairro na capital paulista. Eu estava lá também para aproveitar receitas de chefs a preços módicos – em média, R$ 15,00. Claro que não foi possível comer tudo o que eu queria, por isso quero voltar.

O que provei na Feirinha Gastronômica em Pinheiros

Foi um pouco difícil escolher, mas no fim degustei dois pratos: primeiro, acarajé e depois, costelinha de porco com batata. Embora esse último prato fosse apresentado como picante, não achei que fosse tanto – talvez por eu estar bem acostumada a comer pimenta. De qualquer forma, ambos estavam deliciosos.

Acarajé com recheio generoso na Feirinha Gastronômica no bairro Pinheiros - Foto: Amandina Morbeck..

Acarajé com recheio generoso.

Muitas opções entre doces e salgados

Trinta expositores atenderam 3.500 pessoas* que não se importaram de esperar um tempo na fila para experimentar com as diversas opções.

Os amantes de um docinho puderam escolher entre macarons, stroopwafel (biscoito de origem holandesa) e cuca de goiaba, entre outros. As bancas atraíam muitas pessoas que deixavam um espacinho no estômago para apreciar essas tentações ali mesmo ou queriam levá-las pra casa.

Pratos salgados, como sanduíches, cachorro-quente à francesa, carne seca com mandioca, massa e pratos orientais, eram servidos com rapidez sem descuido na aparência ou na qualidade.

E para fechar, um cafezinho passado na hora no estande do Bike Café.

Os chefs que estavam lá no domingo permanecerão por um mês na galeria e farão alteração no cardápio. O espaço é pequeno, mas a entrada é controlada para evitar superlotação ou tumulto. Lá dentro, não é preciso pressa para degustação.

Vale a pena aproveitar, ainda que você tenha, como eu disse no início, de esperar um pouco na fila.

Local: Praça Benedito Calixto – Bairro Pinheiros (a praça fica entre as ruas Teodoro Sampaio e Cardeal Arcoverde, quase esquina com a Av. Henrique Schaumann) – São Paulo.

(*Dados da Folha de S.Paulo de 19/8/13.)

Comments

comments

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *