Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

Entrada do borboletário.

Descobri a existência do borboletário Flores que Voam quando comecei a pesquisar sobre plantas que atraem borboletas. E para minha surpresa, ele ficava a apenas 50 km de onde moro. Fui conhecê-lo num domingo.

O espaço como um todo – bilheteria, área de descanso, sanitários, sala de TV, laboratório e jardim – é pequeno, mas serve a seu propósito: o de trabalhar para criar e aumentar a população de borboletas e repovoar as espécies que existem ou que existiram em Campos do Jordão.

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

Jardim aconchegante com bancos, água e sanitários.

Com isso, veio também a oportunidade de atrair turistas, estudantes e pesquisadores. Ao espalhar conhecimento, as chances de preservação também são ampliadas, pois as pessoas de todas as idades passam a conhecer todo o processo de transformação das borboletas.

Não é bobagem dizer que muita gente não sabe que esses insetos de cores e de tamanhos variáveis, que voam de flor em flor de forma suave e graciosa, começam como lagartas. Esse conhecimento faz com que elas entendam a importância da preservação, pois a tendência de muitas pessoas é matar lagartas porque “são feias” ou “comem suas plantas”.

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

Ótimo passeio para ser feito com crianças.

Fui com duas crianças – uma de 4 e a outra de 10 anos de idade – e elas adoraram tudo.

Como é o passeio

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

Há muitas “comidinhas gostosas” para as borboletas.

Primeiro, é preciso passar pela bilheteria. Os preços dos ingressos são:
– R$ 15,00 (crianças de 7 a 10 anos de idade, estudantes com carteirinha e pessoas acima de 60 anos);
– R$ 25,00 (inteira com preço promocional).
Crianças com menos de 7 anos de idade não pagam.

Observação: Os ingressos podem ser adquiridos via internet pelo site Ingresso com desconto.

Depois, todos assistem a um vídeo de 12 minutos sobre as fases da borboleta e outros pontos relevantes relacionados a elas.

Terminado o vídeo, é hora de caminhar pelo borboletário.

Como é o borboletário

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

A área de trânsito dentro do borboletário é bem demarcada.

É o jardim, pequeno e protegido do ambiente externo por meio de telas, onde há diferentes plantas que atraem borboletas de diversos tipos – veja algumas aqui. Nesse ambiente com água e comida à vontade, elas voam de um lado para o outro, alimentam-se, acasalam-se e morrem.

É preciso silêncio e tranquilidade para observá-las e fotografá-las, andando pelo caminho definido para os visitantes.

Visita em dia ensolarado

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

Tudo ali é feito para elas.

Escolha um dia ensolarado para conhecer o Flores que Voam, caso contrário você pode ficar decepcionado(a) por não conseguir ver tantas borboletas. É que elas precisam da luz do sol para se movimentarem.

Como chegar ao Flores que Voam

Borboletário Flores que Voam, Campos do Jordão, SP.

Esse imenso painel destaca-se no jardim e é um ótimo fundo para fotos.

Em Campos do Jordão, seguir em direção ao Horto Florestal (há placas espalhadas pela cidade). No km 10 da estrada, há uma placa indicando a entrada à esquerda. Desse ponto, são 300 metros numa estrada de terra até o estacionamento.

Aberto de quarta-feira a domingo das 10h às 15h.

Para saber mais, visite o site do borboletário.

(Texto e fotos: Amandina Morbeck)

Posts relacionados com a região (São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão):

Campos do Jordão – natureza, frio, aventura e cerveja artesanal

Fábrica de cerveja artesanal Baden Baden

Empório dos Mellos

Restaurante Entre Vilas

Pedra do Baú

Parque Tarundu


Observação: Se tiver intenção de visitar esse lugar, confirme as informações antes de ir, pois com o passar do tempo (desde a publicação deste post) muitas coisas podem mudar.


Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista!


Comments

comments

3 comments

  1. Amandina Morbeck on 28/07/2016 at 19:26 said:

    Vale a pena conhecer, Ana Paula.

  2. Joao Angelo Cerignoni on 30/06/2015 at 19:08 said:

    Local mágico e cheio de vida. Parabéns Sandra e equipe.

  3. Ana Paula Stringhini Hachebe on 30/06/2015 at 17:29 said:

    Que lindo! Amei esse lugar!

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *