Aeroporto Princesa Juliana, St. Maarten ou St. Martin, Caribe

Aeroportos cinematográficos - St. Maarten, Caribe - Foto: Reprodução.

Foto: Reprodução/Huffington Post.

O aeroporto Princesa Juliana fica na ilha St. Maarten (holandês) ou St. Martin (francês) ou São Martinho (português), cercada pelo cristalino Mar do Caribe. Uma de suas pistas, a número 10, fica a apenas 6 metros da Praia Maho, o que acabou tornando-a um ponto turístico porque aviões de grande porte, de voos internacionais, passam bem baixo ali para aterrissagem. A força de propulsão dos motores pode jogar uma pessoa longe, como já aconteceu algumas vezes, e é motivo de diversão.

St. Maarten ou St. Martin fica nas Antilhas (América Central) e foi descoberta por Cristóvão Colombo em 1493. Seu pequeno território – de 90 km quadrados – é dividido entre Holanda (parte norte, cuja capital é Philisburg) e França (parte sul, cuja capital é Marigot), mas a língua inglesa é falada por todos. O aeroporto Princess Juliana, por exemplo, fica no lado holandês. Dados de 2009 indicam que sua população é de pouco mais 77.000 pessoas.

Um pouco da Europa, muito do Caribe é o slogan da ilha, um dos destinos mais badalados do Caribe. Belas praias (inclusive uma de nudismo, a Orient Beach), gastronomia top, música animada e mistura cultural, além de um paraíso para quem adora comprar (ela é toda duty-free) são pontos mais que convidativos para atrair uma legião de turistas todos os anos, principalmente de dezembro a maio, época mais seca. E para quem gosta de jogar, no lado holandês há diversos cassinos.

Ainda não estive lá, mas em minhas pesquisa encontrei informações interessantes deixadas por quem já foi:
– Marigot é um dos melhores lugares do Caribe em gastronomia, com bistrôs localizados de frente pro mar na Marina Royale;
– experimentar pratos típicos nos lolos, restaurantes simples que servem  pratos caseiros – na baía de Grand Case, complemente o sabor tradicional com uma bela praia;
– é imperdível o passeio na Grand Case, num semissubmarino, que leva turistas para ver os corais de perto;
– se quiser uma região mais sossegada, longe do agito da turistada, a Baía Rouge (Baie Rouge) é ideal;
– a hotelaria é mais básica, sem grandes resorts – apart-hotéis e condomínios são boas pedidas para quem viaja sem pacote turístico;
– vale a pena alugar um carro para explorar a ilha.

Todos os aeroportos cinematográficos: 

1o          2o          3o          4o          5o          6o 

7o          8o          9o          10o         11o

line3

Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista! Um abraço.

[contact-form-7 404 "Not Found"]

line3