8 mansões transformadas em elegantes hotéis nos Estados Unidos

Por que publicar sobre essas 8 mansões transformadas em elegantes hotéis nos Estados Unidos? Porque embora a maioria dos brasileiros veja aquele país apenas como um grande shopping center ou como um grande parque de diversões, como se lá só existissem Miami, New York e Orlando, há viajantes que querem vivenciar algo diferente por lá e conhecer locais pouco explorados e/ou mais românticos. Isso sem falar no que há para ser explorado na região em que estão localizados.

Por isso, achei muito legal quando descobri sobre essas mansões transformadas em hotéis espalhadas por diferentes estados americanos. Fiquei com muita vontade de conhecer todos. Será que isso acontecerá um dia? Não sei. De qualquer forma, é bom ver lugares bonitos, ainda que seja só por fotos, e também sonhar.

Confira abaixo. O que você acha?

1- The Chanler at Cliff Walk, Newport, Rhode Island

Fachada do Chanler at Cliff Walk ao anoitecer - Foto: Reprodução.

Fachada do Chanler at Cliff Walk ao anoitecer – Foto: Reprodução.

Único hotel ao longo da bela Cliff Walk, que dá vista para o mar. Essa mansão foi construída em 1873 por um político nova-iorquino chamado John Winthrop Chanler e sua mulher Margaret Astor Ward.

Cada um dos 20 quartos é decorado conforme um período (como a Renascença) ou tem um tema diferente.

Diárias a partir de US$ 229.

Site: www.thechanler.com.

2- Wentworth Mansion, Charleston, South Carolina

O Wentworth Mansion em Charleston, South Carolina, destaca-se na paisagem - Foto: Reprodução.

O Wentworth destaca-se na paisagem – Foto: Reprodução.

Construída em 1886, seus quatro andares serviram de moradia para o comerciante Francis Silas Rodger, sua esposa e seus 13 filhos, é decorada com candelabros italianos, lareiras feitas de mármore e vitrais de Louis Tiffany.

Diárias a partir de US$ 390.

Site: www.wentworthmansion.com.

3- Castle Hotel e Spa, Tarrytown, New York

Castle Hotel é como um convite para se voltar no tempo - Foto: Reprodução.

A arquitetura medieval do Castle Hotel é como um convite para se voltar no tempo – Foto: Reprodução.

Localizado a apenas 30 minutos ao norte de Manhattan, foi a residência do general Howard Carroll, jornalista e dramaturgo americano, batizada de Carrolcliffe ao ser finalizada em 1910.

Tem 45 quartos e sua arquitetura teve como base as fortificações medievais do País de Gales, da Escócia e da Irlanda. Embora tenha sido restaurada em 2013, a integridade dos ambientes do Velho Mundo foi mantida e pode ser vista em vários detalhes, como no acabamento das escadas de madeira e nas janelas.

A melhor opção é ficar numa das suítes localizadas nas torres, com lareira e alcova.

Diárias a partir de US$ 320.

Site: www.castlehotelandspa.com.

4- Keswick Hall at Monticello, Keswick, Virginia

O hotel é lindo e seus arredores também - Foto: Reprodução.

O hotel é lindo e seus arredores também – Foto: Reprodução.

Construída em 1912 e primeiramente batizada de Villa Crawford, essa bela construção foi às ruínas até ser comprada por Sir Bernard Ashley, viúvo da designer Laura Ashley, em 1990. Depois de investir nada menos que US$ 25 milhões, ela foi restaurada mantendo sua estrutura e seu projeto originais e decorada com objetos de arte e antiguidades da coleção pessoal de Sir Bernard.

Diárias a partir de US$ 495.

Site: www.keswick.com.

5- Dolce Hayes Mansion, San Jose, California

E pensar que essa mansão tão grande foi moradia de apenas 3 pessoas - Foto: Reprodução.

E pensar que essa mansão tão grande, Dolce Hayes, foi moradia de apenas 3 pessoas – Foto: Reprodução.

Essa mansão em estilo mediterrâneo e com três andares, construída no começo de 1900, pertenceu a uma empresária chamada Mary Hayes Chynoweth e seus dois filhos.

A cidade de San Jose comprou-a em 1985 e a transformou em centro de conferências, construindo 214 quartos que agora podem ser reservados por hóspedes.

Vale a pena fazer um passeio autoguiado pela propriedade para ver fotos históricas e visitar vários cômodos onde a família costumava jantar, se divertir, dormir e atender cultos diários.

Diárias a partir de US$ 149.

Site: www.hayesmansion.com.

6- Castle Hill Resort and Spa, Cavendish, Vermont

Castle Hill Resort

Nem parece ser real – Foto: Reprodução.

Essa maravilhosa construção está localizada num lugar com muito verde nas Green Mountains e foi um dia habitada por Allen Miller Fletcher, que foi governador do estado de Vermont de 1912 a 1915. Foi a primeira casa no estado a ter energia elétrica em toda a sua área e também seu próprio elevador.

Quem se hospeda no Castle Hill poderá ver muitas características originais da época, com papel de parede e escadas de 1905.

Diárias a partir de US$ 279.

Site: www.castlehillresort.com.

7- Wilburton Inn, Manchester Village, Vermont

O Wilburton Inn fica a apenas 1h de carro do Castle Hill, no belo estado de Vermont - Foto: Reprodução.

O Wilburton Inn fica a apenas 1h de carro do Castle Hill, no belo estado de Vermont – Foto: Reprodução.

Mais uma construção no estado de Vermont, aproximadamente uma hora do Castle Hill, construída em 1902 e pertencente ao industrial Albert M. Gilbert.

Teve vários proprietários e hoje quem está no comando é Melissa Levis, que afirma que o lugar (um destino muito popular nas férias de verão) é tão mágico que, ao fazer check-in, cada hóspede ganha uma varinha de condão.

Diárias a partir de US$ 195.

Site: www.wilburton.com.

8- Cranwell Resort, Spa and Golf Club, Lenox, Massachusetts

Cranwell Resort & Spa - um lugar lindo numa paisagem de sonhos - Foto: Reprodução.

Um lugar lindo numa paisagem de sonhos – Foto: Reprodução.

Batizada inicialmente de Wyndhurst Mansion, foi construída em 1894 para John W. Sloane. O responsável pelo projeto dos jardins foi o paisagista Frederick Olmsted, que também projetou o Central Park em Manhattan.

Diárias a partir de US$ 215.

Site: www.cranwell.com.

(Fonte: CNN Travel)

Assista ao vídeo: Sobre New York city.


Receba nossas novidades por e-mail. Para isso, é só preencher seus dados abaixo e clicar em “Enviar”. Ficaremos contentes de ter você em nossa lista!


Comments

comments

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *